Selecciona Edición
Conéctate
Selecciona Edición
Tamaño letra

Deputado Rui Falcão é eleito novamente presidente do PT

O líder do partido de Rousseff obtém aprovação recorde de 70% dos votos, segundo contagem de 80% das urnas

Rui Falcão, presidente del PT.
Rui Falcão, presidente del PT.

Rui Falcão, presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) e deputado de São Paulo, foi reeleito para a presidência do partido. Os mais de 800.000 afiliados que votaram no último domingo depositaram sua confiança no atual presidente, que derrotou os outros cinco candidatos, que queriam um giro do partido à esquerda.

Falcão foi apoiado pelo ex-presidente Lula da Silva, fundador do partido, que pela primeira vez deixou de lado a sua proverbial neutralidade nestas eleições e se empenhou em reeleger Falcão. Tudo por um motivo: os outros cinco candidatos representam uma esquerda que não apoia as atuais alianças do governo da presidente Dilma Rousseff e preferiam que o partido fosse mais para a esquerda, se afastando dos partidos conservadores para se unir mais estreitamente aos de esquerda e progressistas.

Pragmático, Lula sabe muito bem que a sua candidata Rousseff dificilmente seria reeleita no ano que vem sem estas alianças com partidos conservadores, principalmente o PMDB, o segundo maior partido no Congresso. Além disso, Lula também está empenhado em arrancar o governo do estado de São Paulo das mãos do opositor PSDB.

No ano passado, ele conseguiu conquistar a prefeitura de São Paulo com o seu candidato, o então ministro da Educação Fernando Haddad, pouco conhecido no Estado. Agora, o ex-presidente designou outro candidato para o governo de São Paulo, que detém 30% do PIB nacional: o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que, com a presidente Dilma, está lançando o programa Mais Médicos, o qual, apesar de polêmico devido ao grande número de médicos cubanos contratados, é uma operação de grande impacto entre os mais pobres.

Outro projeto de Lula é que o recém-reeleito presidente do PT seja o coordenador da campanha de Rousseff que, embora seja apontada como vencedora nas pesquisas, pode enfrentar uma reeleição complicada e, por isso, precisa do reforço especial do partido governista. Falcão garante este apoio incondicional a Dilma.

As fotos de Lula contente ao saber da reeleição do seu preferido dizem tudo. O resultado da reeleição é também significativo da força real que Lula, criador do PT, mantém no seio do partido, principalmente entre a militância. Por isso, ele pediu aos jovens do PT que voltem à política e à essência desta formação que, segundo ele, ao chegar ao poder se afastou de parte dos movimentos sociais. Daí que tenha pedido uma renovação profunda do partido, como disse em entrevista recente a este jornal.

Tradução de Cristina Cavalcanti